Thursday, 14 August 2008

Um velho desabafo

A recente indignação pela atitude da imprensa que publica artigos sem pensar duas vezes me fez lembrar de uma edição de alguns anos atrás da revista Viagem que tinha uma reportagem sobre a Nova Zelândia. O título da matéria era "Chiclete com Kiwi". O cara que escreveu isso tem que ser muito idiota, pois nem ao menos conhece a riqueza da música e da cultura do seu própio país.

Chiclete com Banana para que não sabe é uma música do Gilberto Gil onde ele conta a mistura do samba brasileiro com o rock do Tio Sam e cria o Samba-Rock, e assim mistura o chiclete americano com a banana brasileira. Então um título mais adequado para a matéria da revista seria "Banana com Kiwi". Antes de fazer piadinha é bom pesquisarmos um pouco melhor. Eu procuro pesquisar o que eu falo antes de publicar aqui no blog, embora eu acredito que já tenha falado merda também. Mas a diferença é que eu não sou profissional, e não recebo salário para publicar asneiras e ficar alimentando leitores com informação errada. Além disso a reportagem foi muito fraquinha, 14 dias na Nova Zelândia e nem foi e nem citou vários lugares que são um must-do do país. Uma pena que não tenho mais a revista e não consegui achar a matéria na web-page deles.

Talvez para ele Chiclete com Banana não significa nada mais, nada menos do que aquela banda de axé. Esta bosta, pagode e funk são a vergonha cultural de nosso país. A única música de axé que eu gosto é Carolina IV do Angra... axé-metal!!!

4 comments:

Tiago said...

aê amaral... tem outro axé que é bom... Ambush.. música 13 do Roots do sepultura... :) ... abração

wendel said...

É...isso é um assunto complicado.
Discutir política, religião, gosto musical e futebol, não adianta muito...normalmente quanto mais se discute, mais cada um se convence do seu próprio ponto de vista.

E seguindo a linha do disco Roots do Sepultura, só que mais macumbeiro ainda, tem o SoulFly: Tribe e Quilombo.

Rodrigo Kammer said...

e ai truta?
Também acredito que ser blogueiro é muito mais do que sair escrevendo tudo o que vem à cabeça e publicar na web. Isso talvez seja o que mais me chame atenção nesta atividade, já que tenho paixão pela pesquisa e aprendizado.

Embora pa web parece bastante madura ela ainda tem um longo caminho a percorrer e procura por formadores de opinião. Esse espaço deve ser usado com responsabilidade.

Abraços

Kelli said...

Eu sei que meu comentário não tem nada a ver com o post, que a propósito eu gostei bastante.

Mas, vamos lá:
Sauna free? cara, tem que ter um lado positivo em tudo né? hehehe