Tuesday, 8 December 2009

E o Eddie foi dessa vez!


No fim do período de espera da temporada 2008/09 eu escrevi um post sobre o Eddie Aikau, que não aconteceu por não ter occorrido ondas grandes o suficiente para a realização do evento.



Neste ano foi diferente. Depois de 5 anos de espera, e imagino que auxiliado pelo forte estado do El Niño no momento, The Quiksilver in Memory of Eddie Aikau aconteceu hoje, em Waimea Bay, no North Shore do Hawaii, com ondas gigantes de 6 a 7 metros, e algumas maiores. Assisti ao vivo pelo web site, conexão de gato na tv, uma belezura!

Clyde Aikau, o irmão caçula do Eddie, vencedor do evento em 1986, agora com 60 anos de idade, participou do evento e mostrou que ainda tem a saúde de um garoto!



E parabéns para o californiano Greg Long, que conseguiu a nota máxima numa onda na última bateria, e assim passou Kelly Slater na contagem de pontos geral. Carlos Burle, o único brasileiro no evento, terminou em 15º lugar.

Top 5 colocados:

1 - Greg Long (USA) 323 pts
2 - Kelly Slater (USA) 313 pts
3 - Sunny Garcia (HAW) 292 pts
4 - Bruce Irons (HAW) 275 pts
5 - Ramon Navarro (CHI) 267 pts



E o hall dos campeões atualizado:

1985 - Denton Miyamura (Hawaii)
1986 - Clyde Aikau (Irmão caçula do Eddie, Hawaii)
1990 - Keone Downing (Hawaii)
1999 - Noah Johnson (Hawaii)
2000 - Ross Clarke-Jones (Australia)
2002 - Kelly Slater (Florida, USA)
2004 – Bruce Irons (Hawaii)
2009 - Greg Long (California, USA)


E até a próxima! Tomara que seja ano que vem!






Saturday, 5 December 2009

Sopa de Cogumelos


Ha! Este título do post certamente vai atrair muita malucada para este blog. Malucada do Costão do Zarling, do Vale da Utopia, e de todos os outros lugares onde o zebu deixa seu rastro e o Ventania canta suas músicas.

Morando aqui na Nova Zelândia descobri o quanto é bom saborear cogumelos frescos. No Brasil somente havia provado os já bem conhecidos champignons em conserva, e hoje em dia outros tipos estão sendo introduzidos no menu de restaurantes brasileiros. E posso dizer que o sabor deles frescos é alucinóg.. er.. digo, alucinante. Eu sabia que pelo mundo afora comia-se cogumelos mas não sabia que eram tão popular. Tanto na cozinha asiática ou na cozinha Européia existem várias receitas deliciosas.
Na ásia normalmente se utiliza o cogumelo do tipo Shiitake (Lentinula edodes), que já estou sabendo que está sendo comercializado no Brasil. Este tipo de cogumelo também é possível encontrar em conserva e é utilizado em sushis e stir-fries asiáticos em geral.

Já na Europa o tipo mais comum é o Agaricus bisporus que possui diversas variedades sendo as mais comuns o White Mushroom (Cogumelo de Paris) e Gourmet Brown (Portobello). E estas variedades estão disponíveis no Brasil também.

Nos supermecados daqui eles vem ainda estão sujos com terra. A aparência às vezes não é tão boa, o segredo é tentar comprar o mais fresco e limpo possível.

Uma boa maneira se provar cogumelos frescos pela primeira vez é simplesmente grelhá-los numa frigideira com um pouquinho de óleo, nem prescisa sal. Pique e grelhe por uns 3 ou 4 minutos em fogo alto, mexendo constantemente.

E aqui vai uma receita espacial.. er.. digo, especial de uma sopa de cogumelos. Na verdade eu copiei de uma revista mas mudei um pouco os ingredientes e as proporções, e agora é a minha receita. Perfeita para servir de entrada numa janta onde o prato principal é uma carne assada de forno, como uma costela ou cordeiro. E para acompanhar um bom vinho tinto como um bom e forte Malbec argentino, ou Shiraz australiano. E vamos comer cogumelos malucada!

Amaral's Creamy Mushroom Soup:

Ingredientes:

- 50g manteiga ou margarina
- 250g cogumelos frescos picados (recomendo o tipo Portobello)

- 1 batata grande descascada e picada em cubos pequenos

- 1 cebola média picada
- 5 dentes de alho picados

- 100ml leite
- 1 cubo caldo de frango dissolvido em 200ml de água quente

- sal

- pimenta caiena (ou pimenta do reino)

- noz moscada


Derreta a manteiga numa panela e adicione a cebola, alho e batata. Refoge em fogo baixo por 5 minutos. Adicione os cogumelos e refogue por mais 5 minutos. Adicione a água com caldo de frango e uma pitada de noz moscada.
Mexa e cozinhe por mais 15 minutos em fogo baixo. Adicione sal e pimenta (se você nunca usou caiena tome cuidado pois ela é nervosa!) , mexa e leve a sopa para o liquidificador ou processador, e bata até ficar com a consistência de papinha. Derrame novamente na panela e adicione o leite e cozinhe em fogo baixo por mais 5 minutos.
Cheque o sal e pimenta, provavelmente será preciso adicionar mais um pouco de sal. Sirva numa cumbuca e decore com tempero verde ou tomilho. B
on appétit!