Friday, 19 September 2008

RIP Rick

É realmente uma pena ver nossos ídolos partirem. Veremos isso acontecer ainda muitas vezes. Richard Wright foi um elemento indispensável do Pink Floyd, com seus teclados lisérgicos como em Welcome to the Machine, uma das minhas favoritas da banda.

Rest In Peace mate...



2 comments:

rodrigao.net said...

é truta, não conheço muito de pink floyd... vou deixar aqui minhas lembranças sobre a banda...

1) quando eu era criança cortava o cabelo com meu pai do lado da bebop, na rodoviário velha em blumenau, e as capas dos álbuns deles me chamavam atenção... as do kiss e do iron me davam medo...

2) lembra quadno tu tocava wish you were here nas festinhas da facul?

3)quando o professor de redes perguntou o que dividia a luz em um cabo de fibra óptica o cabelo respondeu dark side of the moon ao invés de prisma...

4)quando escuto pink floyd fico de cara por que muitos dos elementos psicodélicos são utilizados hoje em musica eletrônica...

valeu

Wendel said...

É foda cara...é bem como tu disse, a gente ainda vai ver isso acontecer muitas vezes.

Mas eu acho que além disso, tem o problema de ver eles partirem e pensar no que vai restar.

Não tem muitos artistas novos chegando pra serem lembrados e admirados. A grande maioria esmagadora do que tem de bom hoje em dia ainda são os medalhões.